Newsletter
Cadastre-se e receba nossas informações
Nome
E-mail
Digite o código abaixo
 
 
Redes Sociais
   
 
Filiado à
 
 
 

Notícias

04/05/2021

Eastern Airlines não cobrará por primeira mala despachada de 32kg em voos ao Brasil

screen-shot-2020-04-28-at-5-22-51-am-768x373

Eastern apresentou seus diferenciais em entrevista ao M&E

A Eastern Airlines terá um enorme diferencial em suas operações entre Brasil e Estados Unidos, que comecam a partir do dia 28 de junho: não cobrar pela primeira mala despachada (de até 32KG!), com direito a transportar também um equipamento esportivo, como prancha de surfe ou até mesmo aparelhos de esquiar. Isto porque, a companhia vai utilizar widebodies de duas classes apenas, o que aumenta a capacidade como um todo da aeronave.

Além do cliente não ser cobrado, os 32kg permitidos por mala nos remetem a um passado muito distante, época em que qualquer companhia aérea permitia esse limite de peso. Agora, com os atuais 23kg por bagagem que são praticados pela grande maioria das companhias aéreas que operam no Brasil, os 32kg acabam se tornando uma grande vantagem.

Há outras também, na visão de Josh Bustos, que são consideradas diferenciais na escolha pela Eastern Airlines. Além da questão da mala de graça, a aeronave ser um widebody e ter apenas duas classes (Economy Premium e Economy), amplia a capacidade e cria um ambiente mais confortável para os passageiros.

“Temos um modelo value que é diferente das tarifas de outras companhias que operam entre Brasil e EUA. Além de não termos uma aeronave com classe executiva, praticamos um preço competitivo e ainda temos a primeira bagagem despachada de graça. Por operarmos widebodies de apenas duas classes, é possível levar também mais cargas, como equipamentos e acessórios de surf, ciclismo, entre outros esportes praticados em ambos os países”,

 
 
Parceiros
SINDICATO DOS AEROVIÁRIOS NO ESTADO DE SÃO PAULO
Av. Washington Luis, 6979 - Santo Amaro - CEP 04627-005 - São Paulo / SP
Fone (11) 5536-4678